in , ,

Dica de livro: Vovô já foi para Paris

De vez em quando aparece uma ideia de livro infantil bem diferente, que me conquista de cara! Esse é o caso do livro “Vovô já foi para Paris”, que, aliás, acabei de ler para Catarina, na hora de dormir!

Esse é um dos livrinhos que ela mais pede para ler na atualidade – e não é à toa, porque ele traz muito mais do que uma história divertida. A proposta aqui é contar para as crianças um pouquinho dos principais pontos turísticos do mundo (nesse livro, de Paris, mas a coleção conta ainda com especiais sobre Barcelona, Roma, Amsterdã e Londres!).

No aventura que acontece na capital francesa, os irmãos João e Luca são desafiados por seu avô (que já conhecia a cidade) a desvendar quatro enigmas: os espelhos que refletiram o mundo em paz (uma referência ao Salão dos Espelhos, no Palácio de Versailles, o Tratado de Paz, após a Primeira Guerra Mundial), o lugar onde descansa o soldado desconhecido (quem já foi a Paris conhece o túmulo que leva esse nome, logo abaixo do Arco do Triunfo, e que é uma homenagem aos soldados não identificados que morreram na Segunda Guerra), a casa do Corcunda (claro, a Catedral de Notre-Dame!) e o artista que pintou vários quadros no jardim de sua casa (Monet). Claro que não poderia faltar uma menção à Monalisa, quadro de Leonardo da Vinci que fica no Museu do Louvre – que um dos meninos insiste em achar que é uma amiga do avô.

Acho super bacana esse tipo de livro, porque ele desperta o interesse dos pequenos por outras culturas e lugares. E porque pode ser usado também quando você já planeja uma viagem com o filhote para a cidade apresentada no enredo (não tenho dúvida de que a criança terá vontade de ver ao vivo os monumentos e locais que ela já conheceu por meio da história).

A coleção fica como uma super dica para presentear o filhote!

Vovô já foi para Paris
Texto: Fernanda Braz
Ilustrações: André Pádua
Editora Callis

O bebê e a criança de Libra

A experiência de uma mãe que conseguiu ordenhar leite materno por um ano, para alimentar o filho